Novo modelo na gestão de recursos

iG Minas Gerais |

Professor Ramon explicou a importância da transparência da gestão pública e da fiscalização. “Estamos promovendo um movimento de empoderamento da gestão escolar. Ela se tornou nossa principal aliada na fiscalização, aplicação e gestão dos recursos públicos”, afirmou o secretário. Ele informou ainda que no novo modelo de gestão da merenda, a empresa fornecedora será paga pelo que efetivamente for consumido pelos alunos. “Anteriormente, pagava-se pelo consumo presumido. Era feito um cálculo a partir do número de alunos cadastrados. Assim, proporcionava distorções na aplicação do recurso público”, explicou. Já o secretário adjunto, Ademilson Ferreira, enfatizou que não se trata de redução de custos, pura e simplesmente, mas de moralização e transparência na aplicação do recurso. “Não queremos economizar com merenda. O que queremos é que nossos estudantes se alimentem bem, todos os dias. Mas também é nosso dever zelar e primar pela aplicação dos recursos públicos”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave