Buscas por avião desaparecido podem ser ampliadas para Oceano Índico

Especialistas da Universidade de Ciência e Tecnologia da China informaram que detectaram um "evento no leito marinho", similar a um tremor, o que motivou ampliar as buscas

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

As buscas pelo avião da Malaysia Airlines, desaparecido desde o último sábado (8), poderão se expandir para o Oceano Índico, informou o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney.

De acordo com ele, informações ainda não divulgadas motivaram a expansão da busca.

Especialistas da Universidade de Ciência e Tecnologia da China informaram que detectaram um "evento no leito marinho", similar a um tremor, o que motivou ampliar as buscas

Na quinta-feira  (13), foram percorridos quase 35 mil quilômetros quadrados por embarcações, aviões e satélites de 12 países que cooperam com a missão.

O Boeing 777-200 desapareceu dos radares cerca de uma hora depois de ter saído da capital da Malásia, Kuala Lumpur, no sábado, rumo à capital da China, Pequim. Depois de quase uma semana de buscas, ainda não há vestígios da aeronave, nem pistas do que ocorreu.

Ontem (13), a Malásia negou informações divulgadas pela imprensa internacional de que o avião teria continuado a voar por quatro horas depois do último contato com o controle de tráfego aéreo.

Também na quinta-feira, a satélites da China teriam encontrado um objeto flutuando no mar do Sul da China, mas nada foi encontrado pelas equipes de busca.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave