Discurso na Toca II é de confiança na volta por cima

Equipe voltou aos treinos ontem; titulares foram poupados e reservas foram para o campo

iG Minas Gerais | Guilherme Guimarães |

Aos poucos. Borges e Mayke foram liberados pelo Departamento Médico ontem, mas ainda não têm data prevista para voltar a jogar
JOAO GODINHO / O TEMPO
Aos poucos. Borges e Mayke foram liberados pelo Departamento Médico ontem, mas ainda não têm data prevista para voltar a jogar

Aprender com os erros do passado para acertar no presente e prosperar no futuro. É dessa forma que o Cruzeiro pretende dar a volta por cima na Libertadores. Na reapresentação da equipe, ontem à tarde, após a derrota para o Defensor, no Uruguai, o diretor de futebol do Cruzeiro, Alexandre Mattos, esteve na Toca II e reiterou a sua confiança no grupo.

“Naturalmente, a gente conversa isso sempre, nas vitórias e nas derrotas. Quando acontece uma derrota é porque alguma coisa aconteceu. A gente tem que avaliar, estudar e colocar o Cruzeiro novamente nos eixos. Nada é fácil, existem adversários que também trabalham, então o Cruzeiro vai muito forte para poder sair dessa situação na próxima quinta-feira”, comentou Mattos.

O volante Lucas Silva confirmou que houve conversa por parte da direção com os atletas, mas evitou falar que o tom do bate-papo foi de cobrança. “Tivemos um bate-papo rápido com o Alexandre (Mattos). Ele disse que a confiança no nosso grupo continua, que vitória e derrota fazem parte do futebol, mas pediu que a gente mantenha a pegada e o nosso bom momento, pois o grupo é qualificado”, afirmou. Novato e em busca de uma chance na equipe titular, o lateral-esquerdo Miguel Samudio, que tem cinco participações em Libertadores no currículo, sabe o que o Cruzeiro precisa para retomar o caminho das vitórias. “Só de uma forma podemos nos recuperar, jogando e buscando os três pontos, seja com jogo bonito ou não. A Libertadores não te dá tempo de pensar, de trabalhar, tem é que entrar para buscar os três pontos sempre”, disse.

Júlio Baptista. Ontem, Marcelo Oliveira comandou um treino tático em metade do gramado somente para os reservas. O meia-atacante Júlio Baptista, liberado para os treinos na última semana, também participou da atividade. O jogador se recuperou das dores no joelho direito. O lateral direito Mayke segue no departamento médico, mas ontem fez corridas leves no campo.

Ao que tudo indica, o Cruzeiro deve ir para campo com o time reserva, no domingo, contra o Tombense, pela última rodada do Campeonato Mineiro. O objetivo é claro. Poupar os titulares para a partida decisiva da próxima quinta-feira, às 22h, no Mineirão, contra o Defensor.

Pastor Ceará

Culto. O lateral Ceará ministrou ontem um culto evangélico para 20 detentos do presídio de Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte. O jogador cruzeirense é pastor há três anos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave