Nelson Rodrigues em foco no “Contraplano”

iG Minas Gerais |


“Toda Nudez Será Castigada” é uma das obras debatidas na atração
Versatil
“Toda Nudez Será Castigada” é uma das obras debatidas na atração

São Paulo. Nelson Rodrigues é tema do episódio de hoje do “Contraplano”. A partir das 22h, no SescTV, o diretor do Museu de Arte Contemporânea (MAC) de São Paulo, Tadeu Chiarelli, e o dramaturgo e diretor Hugo Possolo discutem sobre a influência do autor no cinema nacional, a partir de filmes baseados em suas peças teatrais.

Quatro produções são discutidas. A primeira é “Toda Nudez Será Castigada” (1973), de Arnaldo Jabor, sobre viúvo que se envolve com prostituta. O apelo popular da obra e o discurso utilizado à época, quando o Brasil vivia a ditadura militar, são alguns dos aspectos comentados. “O Beijo no Asfalto” (1981), de Bruno Barreto, é uma reflexão sobre o poder, no ponto de vista de Chiarelli. O filme, sobre um homem envolvido em boato após um acidente, é, para Possolo, retrato de uma época.

Sexualidade e obsessões são temas presentes no diálogo em torno de “Os Sete Gatinhos” (1980), longa de Neville de Almeida sobre meninas levadas à prostituição pela própria família. O debate se encerra com “Bonitinha, mas Ordinária ou Otto Lara Resende” (1981), de Braz Chediak.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave