‘A gente se batia’

iG Minas Gerais |

Em um vídeo disponível no YouTube, ELBA RAMALHO conta para alguns fiéis de uma igreja católica o quanto era complexa a sua relação com o músico Cezzinha. “Ele bebia, ficava agressivo. A gente se batia. Eu, que não mato nem um mosquito, já estava no ponto de... Ele dava uma, e eu dava cinco. Ou seja, eu tinha caído. Eu estava na boca da fornalha”, afirmou ela.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave