Grêmio empata com o Newell's e mantém ponta de grupo

O resultado manteve o time brasileiro na liderança do Grupo 6, agora com sete pontos, seguido pelo próprio Newell's com quatro

iG Minas Gerais |

Hernan Villalba of Argentina's Newell's Old Boys, left, fights for the ball with Luan of Brazil's Gremio during their Copa Libertadores soccer match in Porto Alegre, Brazil, Thursday, March 13, 2014. (AP Photo/Nabor Goulart)
Associated Press
Hernan Villalba of Argentina's Newell's Old Boys, left, fights for the ball with Luan of Brazil's Gremio during their Copa Libertadores soccer match in Porto Alegre, Brazil, Thursday, March 13, 2014. (AP Photo/Nabor Goulart)

O Grêmio sonhava com a vitória que o deixaria a um passo da classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores, mas teve de se conformar com um empate por 0 a 0 com o Newell's Old Boys, da Argentina, nesta quinta-feira, na Arena Grêmio, em Porto Alegre. O resultado manteve o time brasileiro na liderança do Grupo 6, agora com sete pontos, seguido pelo próprio Newell's com quatro.

Sem os ingredientes de provocação, catimba e disputas ríspidas que caracterizam confrontos contra clubes argentinos, o jogo tornou-se um duelo de paciência. Enquanto o Grêmio tentava encontrar espaços para atacar, o Newell's Old Boys, sem se retrancar, tocava a bola com qualidade, mas também não conseguia rondar a área adversária.

No primeiro tempo, o goleiro Nahuel Guzmán só teve trabalho para afastar pela linha de fundo uma bola dividida com Zé Roberto. Já Marcelo Grohe, do Grêmio, nem isso teve. Dois chutes, de Ezequiel Ponce e Máxi Rodriguez, passaram longe.

Aos 14 minutos do segundo tempo, o atacante Dudu entrou no lugar do volante Riveros e começou a abrir caminho para a área do Newell's Old Boys. Foi ele que criou três das quatro chances que o Grêmio teve para marcar o gol que não veio. Aos 27, cruzou para Werley, que chegou atrasado para empurrar a bola para a rede. Aos 34, deixou Barcos sozinho diante do goleiro, mas o atacante chutou por cima da trave. E, aos 36, fez um cruzamento que resultou em rebote para Pará chutar na trave.

Aos 46 minutos, o uruguaio Maxi Rodriguez, em jogada individual, ficou em condições de marcar para o Grêmio, mas chutou para fora. Decepção para a torcida gremista, que lotou a arena. Agora na quarta que vem, o duelo entre as equipes, pela quarta rodada será na cidade argentina de Rosario.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 0 x 0 NEWELL´S OLD BOYS

GRÊMIO - Marcelo Grohe; Pará, Werley, Rhodolfo e Wendell; Edinho Ramiro (Dudu), Riveros, Zé Roberto (Alan Ruiz) e Luan (Maxi Rodríguez); Barcos. Técnico: Enderson Moreira.

NEWELL´S OLD BOYS - Nahuel Guzmán; Marcos Cáceres, Víctor López, Gabriel Hienze e Milton Casco; Ever Banega (Horácio Orzan), Hernán Villalba e Lucas Bernardi (Nicolás Castro); Víctor Figueroa, Ezequiel Ponce (David Trezeguet) e Maxi Rodríguez. Técnico: Alfredo Berti.

CARTÕES AMARELOS - Alan Ruiz, Wendell e Barcos (Grêmio); Milton Casco e Víctor López (Newell´s Old Boys).

ÁRBITRO - Carlos Amarilla (Fifa/Paraguai).

RENDA - R$ 2.404.499,00.

PÚBLICO - 43.628 pagantes.

LOCAL - Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS).

 

Leia tudo sobre: grêmionewell's old boyslibertadoresgrupo 6empate