Metalúrgico perde as mãos em acidente

Sindicato da categoria não soube informar que tipo de equipamento o funcionário operava na hora do ocorrido

iG Minas Gerais | Dayse Resende |

Estável. 
Após  acidente, vítima foi socorrida e encaminhada para o Hospital João XXIII, na capital
Nelson Batista
Estável. Após acidente, vítima foi socorrida e encaminhada para o Hospital João XXIII, na capital

O que seria apenas mais um dia de trabalho para um metalúrgico de Betim terminou de foram trágica na manhã da última quinta-feira (13).

Segundo informações do Sindicato dos Metalúrgicos de Betim e Região, Márcio Nascimento de Souza teve as duas mãos mutiladas em um grave acidente ocorrido na Tower Automotive, fabricante de autopeças para a Fiat Automóveis, localizada no bairro Paulo Camilo.

Socorrido de helicóptero, o trabalhador foi encaminhado ao Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte. O caso teria sido denunciado ao sindicato por trabalhadores da empresa, que não deram detalhes sobre qual equipamento Souza operava no momento do acidente.

“Pelas informações que obtivemos de trabalhadores, nem mesmo a Polícia Militar teria tido acesso à empresa. Diante disso, denunciamos o acidente à Superintendência Regional do Trabalho em Betim e à Vigilância Sanitária Municipal e pedimos as devidas providências”, disse o diretor de Saúde do Trabalhador do sindicato, Rogério Djalma.

O sindicato reclamou da falta de informações pela empresa. Devido à gravidade do acidente, a Tower teria liberado todos os trabalhadores do serviço.

Ninguém foi encontrado na empresa para falar sobre o ocorrido.

A assessoria de imprensa do Hospital João XXIII informou que Souza permanecia internado na emergência na tarde de quinta-feira (13) e que o seu quadro de saúde era estável.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave