Fábrica de armas caseiras é fechada pela polícia no bairro Palmital

Suspeito que trabalha como pintor e era responsável pela fabricação distribuía as armas para traficantes da região; criminoso conseguiu fugir da polícia e ainda não foi localizado

iG Minas Gerais |

Polícia Militar (PM) conseguiu fechar uma que pequena fábrica caseira de armas de fogo que seriam distribuídas para traficantes do bairro Palmital, em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Militares do 35 º Batalhão receberam na noite desta quinta-feira (13) algumas denúncias de que uma casa na rua Etelvina Souza Lima estaria sendo utilizada como fábrica para a produção de armas de bandidos da região.

A guarnição conseguiu entrar na casa de dois andares após a permissão da irmã do suspeito que mora no primeiro andar da residência. Ao perceber a presença da PM, o suspeito fugiu pela janela do segundo andar e ainda não foi localizado.

De acordo com o sargento Marcelo Pereira, foram encontradas no local duas submetralhadoras em fase de conclusão, fornos, presença, entre outros materiais. “Na residência localizamos todo esse maquinário usado em metalúrgica. O rapaz parecer ter experiência no assunto”, declara.

Um computador que o suspeito usava para pesquisar sobre a produção das armas foi apreendido. Militares apreenderam ainda várias revistas do segmento.

O suspeito que trabalha como pintor não tem passagem pela polícia e não levantava suspeita dos moradores da região, de acordo com o sargento.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave