Venezuela reforça segurança em áreas de protestos violentos

Maduro ordenou a membros da Guarda Nacional que fizessem investigações em casas da área de produção de trigo de Valência

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ordenou reforçar a segurança nas áreas onde foram registrados incidentes violentos em protestos e que sejam realizadas incursões na cidade costeira central de Valência para localizar os responsáveis pelas agressões, anunciou nesta quinta-feira (13) a ministra da Comunicação Delcy Rodríguez, em sua conta no Twitter.

Segundo Delcy, Maduro decidiu, durante a madrugada desta quinta, após reunião de segurança extraordinária, pela "atuação da força pública em áreas de focos de violência nas próximas horas". A ministra não deu mais detalhes.

O líder venezuelano convocou a reunião de gabinete extraordinária sobre segurança depois dos violentos episódios registrados na véspera em Valência, no Estado de Carabobo, que deixaram três mortos, entre eles um capitão da Guarda Nacional, e 14 feridos, alguns deles por armas de fogo.

Delcy disse ainda que Maduro ordenou a membros da Guarda Nacional que fizessem investigações em casas da área de produção de trigo de Valência para deter financiadores e fornecedores de grupos violentos.

Valência, que é a terceira maior cidade do país, com 1 milhão e meio de habitantes e uma intensa atividade industrial, amanheceu na quinta-feira mais tranquila depois da violenta jornada da véspera, indicou o prefeito da cidade, Miguel Cocchiola. Ele afirmou que algumas vias da cidade começaram o dia bloqueadas com barricadas de detritos e escombros levantadas por manifestantes, mas que as autoridades estavam retirando-as. Ele apoiou as investigações anunciadas pela ministra da Comunicação do país. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave