Inadimplência do consumidor caiu 1,7% em fevereiro

Já o atraso de pagamentos de dívidas não bancárias (cartões de crédito, lojas em geral e prestadoras de serviços, como telefonia e energia elétrica) apresentou expansão de 2,6%

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Leo Lara - 18.2.2009
undefined

O Indicador de Inadimplência do Consumidor, divulgado nesta quinta-feira, 13, pela Serasa Experian, caiu 1,7% em fevereiro ante janeiro, registrando a primeira retração em cinco meses. Na comparação com fevereiro de 2013, houve queda de 2,3%, o nono recuo seguido na base de comparação anual.

A queda da inadimplência bancária (3,2%) e a diminuição de cheques sem fundos (10,8%) foram as principais responsáveis pela retração do índice no mês passado, seguidas pelo recuo de títulos protestados (16,7%). Já o atraso de pagamentos de dívidas não bancárias (cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços, como telefonia e energia elétrica) apresentou expansão de 2,6%.

Os economistas da Serasa Experian, em nota, destacam que as retrações nas comparações interanuais vêm cada vez mais fracas nos últimos cinco meses. Passaram de 11,9% em outubro para 10,3% em novembro, 6,5% em dezembro, 4,0% em janeiro e 2,3% em fevereiro. A desaceleração, segundo os economistas, deve-se aos sucessivos aumentos das taxas de juros, ao crescimento mais fraco da economia e à inflação em alta.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave