A bola como ela é!

iG Minas Gerais |

Segundo o volante Nilton, o time do Cruzeiro “não é desse mundo”, mas se fôssemos basear pelo jogo de terça-feira em Montevidéu, seria bom que voltasse à realidade brasileira, aquela de 2013 principalmente. Mas, tão impressionante quanto a falta de futebol cruzeirense foi o descontrole de alguns comentários de torcedores e da imprensa na análise dos 2 a 0 para o Defensor. De repente o campeão brasileiro de 2013 passou a ser o “péssimo dos péssimos”, o treinador mexeu errado, fulano foi o vilão, beltrano está mal a muito tempo, ciclano desaprendeu e blá, blá, blá… Outros tentaram encontrar “cabelo em ovo”, culpando o gramado, elogiado até pelos próprios jogadores e diretoria; aí passaram a dizer que o estádio é acanhado demais, como se o Cruzeiro não fosse acostumado a condições iguais e piores em estádios do Campeonato Mineiro. À luz da razão, o time jogou mal e perdeu o jogo pelos seus próprios erros, e assim é o futebol. Nem sempre se joga bem, e do outro lado, há um adversário com os mesmos objetivos e, ainda por cima, jogando em casa. Dagoberto não é de errar pênaltis, mas dessa vez errou, e certamente, voltará a errar em sua carreira, pois é do jogo.

Momento ruim. Nem da arbitragem o Cruzeiro pode reclamar. Nilton ainda se recupera da cirurgia e está longe da forma ideal, mas nem ele ou nenhum outro jogador pode ser responsabilizado isoladamente pelo resultado, já que ninguém jogou nada. Não há também motivo para desespero, porque a classificação está sob controle. Basta jogar o que jogou contra a La U, no Mineirão.

Eleição na FMF. Na terça-feira a Justiça indeferiu o pedido do Dr. Paulo Schettino e manteve os interventores à frente da FMF até a realização das eleições: Essa novela também já está enchendo a paciência, mas é preciso ficar de olho, para que não corramos o risco de, ao invés de melhorar, o comando do nosso futebol não piore. Há interesses demais por trás dessa disputa.

Tempo hábil. O Atlético entrava em campo quando a essa coluna foi enviada, portanto, sobre o jogo em Ciudad Del Este, contra o Nacional, só na próxima. Foi o retorno de Ronaldinho ao estádio onde ele iniciou a trajetória vitoriosa no futebol mundial ao marcar um gol antológico contra a Venezuela na Copa América de 1999.

Bem vindo! Ótima notícia para o esporte mineiro: César Cielo competirá pelo Minas Tênis Clube até 2016. Um dos melhores nadadores da história do país, é também um exemplo de humildade no trato com a imprensa e as pessoas de modo geral. Quando ganhou os holofotes mundiais nos Jogos de Pequim, mostrou essa sua característica. Mais uma estrela de primeira grandeza.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave