Democrata e líder do PSOL viram petistas

iG Minas Gerais |

A eleição do PT de Igarapé incluiu ainda, como participantes, pessoas filiadas a outros partidos. Entre eles, está o caminhoneiro José Candido Maciel, mais conhecido como Carga Pesada, que se desligou do PT em 2004, foi candidato a vereador pelo PTB em 2008 e, pelo DEM, em 2012. Ele afirma que, no dia do pleito, estava com a família. O democrata diz que não teve conhecimento do processo interno nem faz ideia de quem teria falsificado sua assinatura. “Estou abismado em saber que meu nome e minha assinatura foram usados indevidamente”, lamenta.

Outro que aparece na lista é Nilton José Alves, hoje presidente do PSOL de Igarapé. Ele ficou no PT por uma semana, em 2010, e, logo depois, foi desfilado pelo então presidente Micharlis da Fonseca. Alves também contesta sua assinatura e rechaça qualquer hipótese de ele estar nas fileiras do PT, uma vez que é presidente de outra sigla desde 2011. “A direção do partido em Igarapé deve explicações públicas, isso é gravíssimo”, finaliza Alves, que pretende procurar uma explicação na Justiça. (CS)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave