Avacoelhada

iG Minas Gerais |

Falta uma rodada para o fim da primeira fase do Mineiro. Ainda assim, jogadores contratados foram pouco aproveitados durante a competição. Uns nem ficaram no banco de reservas. Outros jogaram poucas vezes. Bernardo, Diogo Dolem, Caio Dantas e Wéverton são alguns dos sub-23, com poucas ou sem oportunidades, que não foram relacionados para o confronto contra o Boa. Marcelo Rosa foi emprestado para o ABC. Os juniores promovidos de outros clubes também não estão prontos. Existe a necessidade da implantação de um processo de aprimoramento para os novos profissionais, preferencialmente com uma comissão técnica específica nessa categoria e com a maioria dos jogadores em formação revelados pelo próprio América. Antes, o Coelhão lucrava com os jogadores da base. Agora, gasta dinheiro no desenvolvimento de atletas da base de outras equipes.

A voz da Massa Saudações alvinegras! Por que o Galo tem tantos jogadores no departamento médico neste início de ano? Seriam as lesões resultado da esparsa pré-temporada que não teria permitido aos jogadores uma preparação adequada? Essas indagações me foram feitas pelo meu amigo Luís, lá de Lagoa Santa, enquanto batíamos um papo. Pois bem, o Galo tem ao todo sete atletas lesionados – um número alto, em se tratando de início de temporada. Porém, não vejo relação desse fato com a pré-temporada apressada do time. A maioria das lesões não está relacionada com a parte muscular, o que seria evidência de má preparação física, mas sim com outros fatores, como fratura óssea e lesões de ligamento. Portanto, a meu ver, a comissão técnica e, em especial o preparador Carlinhos Neves, estão isentos nessa situação. Mas então, qual seria o motivo? Coincidência e azar, nada mais. A voz Celeste Perder faz parte do jogo, mas perder sem comprometimento com a partida, como aconteceu na derrota por 2 a 0 para o Defensor, do Uruguai, anteontem, vou reclamar sempre. Não posso deixar de falar que o nosso treinador, Marcelo Oliveira, errou, e eu posso falar de camarote, porque, durante toda a semana, falei que Lucas Silva tinha que ser titular. Mas não foi pela sua ausência que o maior de Minas perdeu, mas pelo conjunto da obra. Os atletas precisam colocar na cabeça que só dependem deles para se classificar. Se vencermos as três partidas restantes, com certeza seremos os primeiros do grupo. Conversei com várias pessoas, inclusive pelo meu Twitter, e os amigos cruzeirenses estão preocupados com a oscilação do time nesse começo de temporada. Abraços ao amigo Paulinho Céu Azul, conselheiro nato do Cruzeiro.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave