O violino por Prokofieff

iG Minas Gerais | Carlos Andrei Siquara |

Convidada. 

Jennifer Frautschi retorna ao Brasil e se apresenta pela segunda vez com a Filarmônica
Lisa-Marie Mazzucco
Convidada. Jennifer Frautschi retorna ao Brasil e se apresenta pela segunda vez com a Filarmônica

O maestro Fabio Mechetti conta que quando um solista deixa uma impressão muito positiva com o público e com os músicos da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais é quase sempre garantido o retorno dele em outro momento. É o que acontece hoje à noite no concerto a ser realizado no Grande Teatro do Palácio das Artes, onde a norte-americana Jennifer Frautschi vai se apresentar com a formação pela segunda vez.

Desta vez ela interpreta a obra “Concerto para Violino n° 1 em Ré Maior”, de Sergei Prokofieff (1891-1953), após o conjunto erudito, sob a regência de Mechetti, abrir a apresentação com a “Sinfonia nº 100 em Sol Maior”, de Joseph Haydn (1732-1809). “Jennifer já gravou dois concertos de Prokofieff, mostrando muita afinidade com esse repertório que ela domina”, observa Mechetti.

Conhecido por suas criações para piano, Prokofieff, de acordo com o maestro, também revela maestria na composição para violino. “Quando escreve para piano ele lida com o instrumento, em linhas gerais, quase como um objeto de percussão, explorando mais a força e o ritmo. No violino ele não se preza a isso. Entende bem as limitações envolvidas nessa outra linguagem, mas sabe explorar também de maneira muito própria as riquezas que ela têm”.

Já no segundo momento, o público vai ouvir as peças “Concerto para Orquestra de Cordas e Percussão”, de Camargo Guarnieri (1907-1993) e “La Boutique Fantasque”, de Ottorino Respighi (1879-1936). Mechetti diz que pensou esse programa na tentativa de ressaltar cada criação por meio dos contrastes. “A peça de Guarnieri é composta basicamente de cordas e percussão, não há sopro como nas anteriores. Depois dela, finalizamos com Resphigi, que traz um clima bem-humorado e festivo, adequado ao início de uma temporada”, sintetiza.

Agenda

O quê. Concerto da Filarmônica

Quando. Hoje, às 20h30

Onde. Grande Teatro do Palácio das Artes (av. Afonso Pena, 1.537, centro)

Quanto. Ingressos de R$ 36 a R$ 70 (inteira)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave