Mutirão irá julgar 2.000 processos de homicídio

iG Minas Gerais |

Brasília. Tribunais de todo o Brasil planejam julgar na próxima semana mais de 2.000 processos de homicídios dolosos (com a intenção) que aguardam o veredito da Justiça há mais de quatro anos.

Em todos os Estados, os tribunais do júri vão funcionar em regime de mutirão, na tentativa de diminuir a montanha de processos desse tipo no país. Hoje, são 57 mil ações referentes a crimes ocorridos há mais de quatro anos aguardando julgamento. O movimento é organizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Até agora, 16 Estados encaminharam dados ao CNJ. Eles colocarão 2.050 processos em pauta. A lista deve crescer até o início da próxima semana. Pernambuco, um dos Estados mais violentos do país, tem o maior número de casos pautados para o período de 17 a 21 de março: 457.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave