Sobe para três o número de mortos em explosão em Nova York

iG Minas Gerais | Da redação |

Subiu para três o número de mulheres mortas na explosão ocorrida nesta quarta-feira (12) em Nova York, confirmaram autoridades locais no início da noite.

Ao menos 27 pessoas ficaram feridas, inclusive quatro crianças, e nove continuavam desaparecidas horas depois da explosão que afetou três edifícios residenciais no leste do Harlem, em Nova York. Duas das 27 pessoas feridas continuam em estado grave, relataram bombeiros.

Em entrevista coletiva concedida logo após o incidente, o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, disse que alguns dos desaparecidos poderiam estar fora dos prédios no momento da explosão, mas garantiu que providências serão tomadas.

"Haverá uma busca entre os escombros do edifício assim que o fogo for controlado", afirmou. "Esta é uma tragédia da pior espécie, porque não havia nenhum modo de salvar essas pessoas a tempo."

O porta-voz do Corpo de Bombeiros de Nova York informou que havia duas pessoas em risco de morte, cinco com ferimentos graves e 20 com ferimentos leves.

Autoridades relataram que o fogo persistia nos escombros, mas que os focos eram isolados. Equipes de resgate devem trabalhar durante a noite vasculhando os destroços.

Entre as pessoas que tiveram ferimentos leves estão dois agentes do FBI que passavam de carro na rua dos edifícios no momento da explosão.

Testemunhas disseram ter ouvido um forte barulho de explosão perto da Rua East 116th e da Park Avenue. Os Bombeiros receberam a primeira ligação às 9h31 (horário local) e chegaram ao local cerca de dois minutos depois.

Vários moradores do bairro relataram que havia um cheiro muito forte de gás na região antes da explosão. "Nós podíamos sentir o cheiro", disse Ashley Rivera, 21 anos, que morava em um dos edifícios atingidos. "Nós ficamos nos perguntando o que era aquilo e o cheiro persistia."

A explosão afetou três prédios, os números 1.642, 1.644 e 1.646 da Park Avenue, sendo que os dois últimos caíram.

O prefeito de Nova York descreveu a explosão como de "impacto muito grande", acrescentando que foi seguida de um grande incêndio. Fonte: 

 

Leia tudo sobre: nova yorkprédiosmortostrês