Satélite chinês pode ter encontrado destroços de avião desaparecido

Na tela capturada, três grandes pedaços aparecem flutuando no mar. O maior deles tem o tamanho estimado pela CNN de 24m por 27m.

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A revelação das imagens é uma das últimas informações contraditórias que foram divulgadas
Reprodução CNN
A revelação das imagens é uma das últimas informações contraditórias que foram divulgadas

A rede de televisão CNN divulgou, na tarde desta quarta-feira (12), imagens capturados por um satélite chinês que, supostamente, mostram pedaços e destroços do avião da Malaysian Air que está desaparecido desde o último final de semana. Segundo informações, o achado foi feito na noite de domingo (9) e está localizado no Mar do Sul da China.

Na tela capturada, três grandes pedaços aparecem flutuando no mar. O maior deles tem o tamanho estimado pela CNN de 24m por 27m. 

A revelação das imagens é uma das últimas informações contraditórias que foram divulgadas. Se confirmada como a carcaça do avião, o avião teria caído no mar em um região próxima a sua última aparição no rada. Isso desmentiria a informação de que a aeronave teria retornado e estaria próximo ao Estreito de Malaca.

Também desmentiria a informação de que a mancha de óleo, encontrada no Mar do Sul da China, mas em uma região próximo ao Vietnã.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave