Alunos prendem 11 professores e 4 funcionários na sala dos professores

Corpo de Bombeiros quebrou o cadeado e liberou os reféns; cinco responsáveis já foram identificados

iG Minas Gerais | ALINE DINIZ |

Alunos aproveitam o recreio, trancam professores e vandalizam escola
REPRODUÇÃO / TV INTEGRAÇÃO
Alunos aproveitam o recreio, trancam professores e vandalizam escola

Pelo menos cinco alunos prenderam 11 professores e outros quatro servidores da área pedagógica dentro da sala dos professores durante o recreio, na manhã desta quarta-feira (12), na Escola Estadual Maria de Barros, em Ituiutaba, na região Centro-Oeste de Minas Gerais. A instituição de ensino fica na rua Cláudio Manoel da Costa, no bairro Independência.

Desesperados, os educadores ligaram para o Corpo de Bombeiros. “A guarnição foi para o local por volta de 10 horas, e os militares cortaram o cadeado e liberaram as pessoas”, conta a soldado Renata Fonseca do Corpo de Bombeiros de Ituiutaba.

Segundo a Polícia Militar (PM), os alunos trancaram a grade de proteção da porta com um cadeado. Depois, eles iniciaram um tumulto e quebraram carteiras e vidros, colocaram fogo em uma lata de lixo, e quebraram um ventilador.

Todos os cinco estudantes identificados tem 16 anos. Os militares foram até a casa deles, porém, até o fechamento dessa matéria, eles não haviam sido encontrados.

Os alunos foram dispensados, porém, nesta quinta-feira (13), a escola funcionará normalmente. 

Sem histórico

A Superintendente Regional de Ensino de Ituiutaba, Ises Gomes, informou que esse tipo de ocorrido não é frequente na escola. “O ocorrido foi pontual. A escola não tem histórico de atos de violência, vamos iniciar um trabalho de conscientização na escola em parceria com a Promotoria da Infância e Juventude e com a patrulha escolar”, garante.

Além de precisarem prestar esclarecimentos à polícia, os responsáveis pela confusão sofrerão sanções na escola. A última medida pode ser a o remanejamento. “Vamos encaminhar os alunos para um centro com psicólogos e assistentes sociais”, disse Ises.

Leia tudo sobre: ESCOLAITUIUTABA