Câmara adia votação do Marco Civil da Internet

Segundo Henrique Eduardo Alves, presidente da Casa, ministros da Justiça e da Casa Civil fizeram apelo para que se busque consenso para votar projeto

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), anunciou na tarde desta quarta-feira (12) a decisão de adiar a votação do Marco Civil da Internet por mais uma semana. Segundo o peemedebista, os ministros José Eduardo Cardozo (Justiça) e Aloizio Mercadante (Casa Civil) fizeram um apelo para que a Casa busque um consenso para votar o projeto.

Estava prevista para hoje uma visita de Cardozo e do ministro da Controladoria Geral da União (CGU), Jorge Hage, para conversar com os líderes sobre a situação da Petrobras e a criação da comissão externa para acompanhar as investigações sobre o pagamento de propina a funcionários da estatal. O encontro, no entanto, foi cancelado.

O líder do DEM na Câmara, Mendonça Filho (PE), autor do requerimento de criação da comissão externa, informou que o grupo de trabalho deve ter cinco deputados, sendo dois indicados pela oposição. O objetivo é começar os trabalhos na próxima semana, a partir da coleta de informações junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), a própria CGU e a Petrobras. Em um segundo momento, está previsto o acompanhamento das investigações na Holanda.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave