Bernardinho pode ser o responsável pelo dossiê da CBV

Técnico da seleção masculina de vôlei e do Unilever-RJ teria conseguido o documento no ano passado e estaria promovendo mudanças em cargos estratégicos

iG Minas Gerais | DÉBORA FERREIRA |

Bernardinho pretende fazer alguns testes no jogo deste sábado
ALEXANDRE ARRUDA - CBV
Bernardinho pretende fazer alguns testes no jogo deste sábado

As revelações a respeito de contratos suspeitos feitos pela CBV, que ocasionaram mudanças no comando da federação, teriam sido feitas por Bernardinho. Com o dossiê, que veio a público por meio da ESPN Brasil, o técnico da seleção masculina seria o responsável por tirar gente de confiança do ex-presidente Ary Graça de alguns cargos dentro da instituição. As informações são do jornalista Erich Beting, do UOL Esportes.

De acordo com Beting, Bernardinho pediu a inclusão dos nomes de Renan e Leila, ex-atletas de vôlei, no Comitê da Superliga, em 21 de novembro do ano passado. Em janeiro, o treinador fez a troca no cargo de diretor de eventos, e substituiu Fábio Azevedo, que movimentava o dinheiro, por Radamés Lattari. A entrada de Neuri Barbieri, no fim de fevereiro, também teria “dedo” de Bernardinho.

O atual treinador da equipe feminina do Unilever-RJ ainda não foi encontrado para comentar o assunto, ou ao menos explicar as mudanças que vem fazendo dentro da CBV.

Leia tudo sobre: bernardinhocbvvôleidossiêespnerich betingdenúnciascargos estratégicos