Programa Ciência em Movimento volta ao interior de Minas

Martinho Campos será a primeira cidade do interior a receber exposições do Programa neste ano

iG Minas Gerais | Da redação |

O Ciência em Movimento foi criado em 2012, pela Funed, com o objetivo de popularizar a ciência
Rodrigo Cardoso/SES-MG
O Ciência em Movimento foi criado em 2012, pela Funed, com o objetivo de popularizar a ciência

O Programa Ciência em Movimento desembarca hoje (12) e fica até sexta-feira (14) na cidade de Martinho Campos. A visita marca a reabertura do programa nas cidades do interior em 2014. A última viagem do Caminhão da Ciência a uma cidade do interior de Minas Gerais ocorreu em novembro do ano passado, quando São João Evangelista, localizada a 280 km da capital, conferiu de perto as exposições do programa.

O município de Martinho Campos foi escolhido por meio de um sorteio realizado na Fundação Ezequiel Dias (Funed), no ano passado, como parte da comemoração dos 106 anos da Fundação. Na ocasião, mais de 200 cidades de Minas Gerais foram sugeridas pelos servidores para ser o destino do programa. A indicação da cidade sorteada foi feita pela servidora Jamile Barbosa, do Serviço de Pré-Formulação e Estudo de Matéria¬-Prima. “Martinho Campos é um município muito carente de conhecimento e informação, acredito que o Ciência em Movimento só tem a contribuir para a formação da população”, afirma Jamile, que acompanhará as exposições na cidade e fará uma palestra sobre uso racional de medicamentos.

Localizada na região central de Minas Gerais, Martinho Campos vive tradicionalmente da agropecuária e da agroindústria. Produz também milho, soja e mandioca, além das famosas cachaças de melado.

Mais exposições

Dentre as atividades que serão realizadas em Martinho Campos, incluem exposições de animais peçonhentos com aranhas e escorpiões vivos e réplicas de serpentes, além de palestras relacionadas ao tema de animais, como serpentes, escorpiões, abelhas e aranhas. Haverá ainda estandes que prestarão informações a população sobre doenças com alta incidência, como a Dengue e a Leishmaniose Visceral, tendo, ainda, palestras sobre a produção de soro. A programação inclui também a exibição de vídeos do Programa Sala de Espera, do Canal Minas Saúde. Outro ponto importante da exposição serão as atividades lúdicas com jogos, como o dominó da dengue, da leishmaniose, quebra cabeça, o uso racional de medicamentos, além do jogo mitos e verdade.

Após a parada no Município de Martinho Campos, a próxima cidade a receber as exposições do Programa Ciência em Movimento será Itabirito, entre os dias 18 e 21 deste mês.

Ciência em Movimento

O programa Ciência em Movimento foi criado em 2012, pela Funed, com o objetivo de difundir e popularizar a ciência. Até o último ano, o programa era voltado apenas para as cidades do interior de Minas Gerais, quando houve uma parceria com a Fundação de Parques Municipais de Belo Horizonte e possibilitou a ampliação do programa para parques da capital neste ano. Assim, além das viagens pelo interior de Minas, o caminhão também desembarca pelo menos uma vez por mês em um parque de Belo Horizonte. Neste ano, o Parque Municipal Fazenda Lagoa do Nado, na região da Pampulha, e o Parque Jacques Cousteau, que fica localizado no bairro Betânia já foram agraciados com a visita do programa.

Além disso, recentemente, a Funed firmou uma parceria com a Secretaria de Governo e com o jornal Super Notícia que visa a ampliação dos serviços para a comunidade. A primeira exposição do Programa Ciência em Movimento em parceria com o “Super No Seu Bairro” será no dia 29 deste mês, na exposição do Parque Confisco, localizado no bairro homônimo ao parque.

 

Leia tudo sobre: Ministério da Saúdedengueprevençãocombatecaminhão