Esquiador brasileiro é 20º no sprint de 1km em Sochi

Só os 12 primeiros colocados da disputa se classificam para as semifinais do sprint de 1 quilômetro

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

O brasileiro Fernando Aranha participou, nesta quarta-feira, da sua segunda prova nos Jogos Paralímpicos de Inverno de Sochi e não conseguiu avançar nas eliminatórias do sprint de 1 quilômetro do esqui cross-country. Na pista do Laura Cross-Country Ski & Biathlon Center, localizado nas montanhas de Rosa Khutor, ele ficou apenas na 20ª colocação.

Nesta quarta-feira, Aranha foi o terceiro atleta paralímpico a largar e ficou apenas em 20º lugar entre 24 esquiadores, com um tempo de 2min29s17, à frente de dois canadenses, um francês e um eslovaco. Só os 12 primeiros colocados se classificam para as semifinais do sprint de 1 quilômetro. O brasileiro, 9s05 mais lento que o último competidor a avançar, avaliou que poderia ter conquistado um resultado melhor.

"Essa prova é difícil e precisa de muito treinamento. Você pode até ter a força, mas, se escolher um caminho errado, fizer uma entrada errada, não dá para recuperar. A estratégia tem de ser aplicada perfeitamente", comentou Aranha. "Na última reta, entrei em um ponto em que meu esqui ficou escorregando de lado, então, tive de fazer mais força para aliviar o atrito. Eu podia ter acertado um pouco mais, mas estou feliz por ter feito a prova. Agora, é pensar nos 10km".

A medalha de ouro da prova foi conquistada pelo russo Roman Petushkov, que marcou 2min29s4, seguido pelo compatriota Grigory Murygin, com 2min30s6. O ucraniano Maksym Yarovyi faturou o bronze com o tempo de 2min31s6.

Na sua estreia em Sochi, no último domingo, quando se tornou o primeiro brasileiro a competir na história da Paralimpíada de Inverno, Fernando Aranha terminou em 15º lugar na prova de 15 quilômetros. O brasileiro volta a competir na Rússia no próximo domingo, na prova de 10 quilômetros do esqui cross-country.

Além de Aranha, o Brasil também é representado em Sochi por André Cintra, que vai competir no snowboard, na próxima sexta-feira.

Leia tudo sobre: brasileirovigésimosprintsochijogos