Iranianos no voo seriam imigrantes

iG Minas Gerais |

Kuala Lumpur. A polícia identificou os dois passageiros que entraram no voo MH370 com passaportes falsos como os iranianos. Pouria Noor Mohammad Mehrdad, 19, e Delavar Seyed Mohammadreza, 29, possivelmente tentavam imigrar ilegalmente para a Europa.

De acordo com o site da emissora Al Arabiya, os dois viajariam de Kuala Lumpur para Amsterdã, via Pequim, com a esperança de estabelecer-se na Europa. Um deles deveria então tomar um voo de conexão para Copenhague, e o outro para Frankfurt. Os bilhetes foram comprados por um homem conhecido apenas como Ali. Pouria Noor Mohammad Mehrdad estaria planejando ir à Alemanha, e as autoridades estavam em contato com sua mãe no país, que estava esperando o filho chegar a Frankfurt.

“Não é provável que seja membro de um grupo terrorista. Acreditamos que ele estava tentando emigrar para a Europa”, afirmou Tan Sri Khalid Tan Sri, chefe da polícia da Malásia.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave