Do rigor técnico à experimentação de linguagens

iG Minas Gerais | Daniel Toledo |

Elementos gráficos se misturam a imagens do sertão mineiro
fotos pedro david/divulgação
Elementos gráficos se misturam a imagens do sertão mineiro

Especial para o tempo Enquanto o livro “Rota Raiz” foi minuciosamente pensado por Pedro David e seu parceiro Rui Cezar dos Santos, a exposição “Impressão em Processo” encontrou no acaso uma importante energia criadora. Foi, afinal, em meio aos descartes da impressão do livro que Pedro David deu início à concepção da série. “Sempre gostei de chegar na gráfica e perceber as páginas de um livro, geralmente escolhidas com tanto critério, completamente misturadas e impressas segundo a lógica da máquina. Com isso, você acaba enxergando combinações de fotos que nunca tinha pensado, e o mais surpreendente é que algumas dessas combinações funcionam muito bem”, conta o fotógrafo.

Pois ao ver as impressões descartadas de “Rota Raiz”, o artista não teve dúvida: recolheu as folhas e levou à própria casa. “Decidi aproveitar aqueles encontros efêmeros e casuais gerados pelo sistema, pensando, então, em outras formas de expor o mesmo trabalho”, sintetiza ele, que incorporou à própria obra algumas das sobreposições encontradas na gráfica.

Finalizado este processo que teve início em 2002, Pedro já engatilha uma série de novos projetos.

Está em seus planos uma exposição no Museu Mineiro, com fotos urbanas produzidas em 2008 e 2010, assim como a finalização de novas imagens da série “Sufocamentos”, com a qual ganhou, em 2013, o principal prêmio da Fundação Conrado Wessel. Agenda O que. Lançamento  do livro “Rota Raiz” e da exposição “Impressão em Processo”, de Pedro David Quando. Hoje, às 19h. A exposição segue até 22 de março (de segunda a sexta-feira, das 14hàs 19h) Onde. EXA (rua Tomé de Souza, 814, Savassi) Quanto. Entrada gratuita

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave