Deputados ainda não votaram

iG Minas Gerais |

Luiz Humberto avalia que hoje já será possível retomar a votação
Guilherme Dardanhan/ ALMG- 19.4.2012
Luiz Humberto avalia que hoje já será possível retomar a votação

Mais de um mês após retornarem do recesso parlamentar, em 3 de fevereiro, os deputados mineiros continuam em clima de férias. Ontem, na primeira sessão plenária depois do Carnaval, mais uma vez, não houve votação. Cinco vetos travam a pauta da Assembleia e estão na fila. Do lado da base, os parlamentares minimizam a inércia e dizem que só faltam alguns ajustes com a oposição para começar os trabalhos.

“Os vetos estão encaminhados, mas não podemos ter surpresas, vamos tentar votar amanhã (hoje). Com o regimento da Casa, a oposição tem muitos instrumentos para travar a pauta dos vetos. Se não tiver tudo muito conversado, fica difícil”, disse Gustavo Valadares (PSDB), líder da maioria.

Ele acredita que hoje a Casa vai usar o painel eletrônico. O líder do governo Luiz Humberto Carneiro (PSDB) diz que há um desconforto com o atraso do pagamento de emendas. “Mas, os valores já estão sendo liberados. O nosso bloco e eles (oposição) ficaram de nos passar as prioridades na semana passada”, disse.

Já o deputado líder do bloco Minas Sem Censura, Pompílio Canavez (PT), diz que a maior demanda é por uma pauta com projetos de autoria dos deputados. “O início depende mais deles (situação). O governo não consegue colocar os vetos na pauta. Estamos negociando uma pauta positiva. A agenda não pode ser só com projetos do governo. A agenda passa por nós (oposição). Não há acordo para votar, mas para fazer a Casa funcionar”, disse o petista.

Segundo Canavez, a prioridade é a discussão de projetos relacionados ao meio ambiente e a segurança pública. O petista ainda alfineta. “Eles (base) têm número suficiente para votar qualquer coisa, as vezes, estão com problemas internos”, disse.

Já para o deputado Lafayette Andrada (PSDB), a explicação para a lentidão nos trabalhos é mais simples. “Está todo mundo morto. O ano começa mesmo agora. Estava tudo parado”, disse o tucano se referindo ao Carnaval. (TT)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave