Funcionário de lotérica aciona PM após notar que cliente caiu em golpe

Vítima que é moradora de Barbacena atendeu um telefonema dizendo que a mãe havia sido sequestrada; criminosos queriam receber R$ 5 mil de "resgate"

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

O funcionário de uma casa lotérica da cidade de Barbacena, no Campo das Vertentes, acionou a Polícia Militar (PM) depois de perceber que uma cliente havia caído no golpe do falso sequestro na tarde de segunda-feira (10).

O funcionário da lotérica localizada na Praça Adriano de Oliveira, atendeu uma jovem de 21 anos que queria depositar R$ 5 mil em várias contas correntes. Depois de depositar R$ 1.500 o funcionário percebeu que a jovem estava transtornada. Em seguida, a polícia foi acionada.

A vítima relatou aos militares que por volta de 16h recebeu uma ligação. A pessoa que estava do outro lado da linha afirmou que estava com a mãe dela e que era preciso que ela pagasse um valor de R$ 5 mil de resgate. Uma outra pessoa, com voz de mulher, começou a gritar do outro lado da linha se passando pela mãe da vítima. Outra exigência era que a mulher dividisse o valor pago em cinco contas correntes. Como a vítima não conseguiu falar com a mãe pelo celular ela resolveu pagar o valor exigido. 

Para o sargento Marcos da Silva, do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) da cidade, a ligação deve ter sido feita por presidiários. “Provavelmente ela caiu em um golpe de um detento. Geralmente essas ligações são feitas de dentro de presídios. Não conseguimos identificar a procedência da ligação”, declarou Silva.    

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave