Militar reage a saidinha de banco, mata criminoso e acaba detido

Outro suspeito conseguiu fugir a pé mesmo estando baleado; soldado foi detido, ouvido e será preso; a informação é que posteriormente ele receba relaxamento da prisão por ter agido em legítima defesa

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Um policial militar foi detido, na tarde desta terça-feira (11) na, região da Pampulha, após reagir a uma saidinha de banco e em seguida balear e matar um do criminoso. O segundo suspeito fugiu a pé e ainda não foi localizado.

De acordo com o Tenete Sodré, o militar deixou uma agência bancária na avenida Garaparí, no bairro Santa Amélia, na região da Pampulha, após fazer uma retirada de R$ 1150. O soldado, que é patrulheiro da Coronel Cláudia, percebeu que estava sendo seguido por um motociclista e um garupeiro.

Na rua Tucanos, no bairro Vila Clóris, os criminosos abordaram o militar que reagiu baleando os dois suspeitos. Um chegou a ser socorrido para o Hospital Risoleta Neves, em Venda Nova, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Já o segundo bandido conseguiu fugir a pé, mesmo estando baleado. A polícia recebeu informações que um carro de cor escura dava cobertura a ação criminosa.

O militar que não teve o nome divulgado prestou esclarecimento na Delegacia de Polícia Civil de Venda Nova. O Tenente Sodré que acompanhou a ocorrência declarou que será realizado os procedimentos normais nesses casos.”Registramos um Boletim de Ocorrência (BO), ele será ouvido, terá voz de prisão decretada em flagrante e posteriormente terá o relaxamento de prisão, tendo em vista que ele agiu em legítima defesa”, declarou. 

Ainda segundo a polícia, o suspeito morto já tinha passagem por tráfico, roubo e homicídio. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave