Polícia Civil apresenta mulheres que atraem caminhoneiros

Outros integrantes da quadrilha esperavam que os condutores se envolvessem e aproveitavam para roubar os veículos

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Polícia Civil (PC) de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, apresentou, nesta terça-feira (11), 11 dos 15 integrantes de uma quadrilha de roubo de carga e veículos de grande porte desmantelada durante Operação Canto da Sereia. Entre os detidos estão mulheres que os criminosos usavam para atrair caminhoneiros, em seguida rendiam os condutores e levavam os veículos. A informação é que um dos criminosos tenha envolvimento com a Primeiro Comando da Capital (PCC) que age em São Paulo.

Operação recebeu este nome por causa das sereias - na mitologia grega essas criaturas atraíam as embarcações para que elas naufragassem -, de acordo com delegado Eduardo Fernando Perez Leal.

As investigações apontaram que a quadrilha atuava em rodovias que cortam o Triângulo Mineiro. Depois de aplicarem o golpe, os criminosos levavam os veículos para Araçatuba, em São Paulo. No Estado vizinho, os caminhões eram desmanchados e as peças vendidas.

Em um dos casos apurados, um caminhão que carregava combustível foi encomendado pelo dono de um posto de gasolina, que estava interessado na carga do veículo.

Outros três criminosos não foram apresentados nesta terça porque já foram encaminhados para presídios de São Paulo. 

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave