Polícia divulga imagens de suspeitos em assassinar homem no bairro JK

Carlos de Carvalho Santos, de 27, foi morto com quatro tiros em evento de pré-carnaval realizado em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte; polícia busca mais informações sobre os suspeitos

iG Minas Gerais | da redação |

Autor dos disparos seria o suspeito ao fundo, de boné vermelho e camisa tricolor
Divulgação / Delegacia de Homicídios Contagem
Autor dos disparos seria o suspeito ao fundo, de boné vermelho e camisa tricolor

A polícia está à procura de quatro suspeitos de envolvimento no assassinato de Carlos de Carvalho Santos, de 27 anos, morto com quatro tiros no dia 9 de fevereiro no bairro JK, em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte. Em imagens divulgadas pela Delegacia de Homicídios, os quatro homens aparecem posando com latas de cerveja em um evento de pré-carnaval realizado no estabelecimento Clube do Chopp.

Segundo o delegado Flávio Grossi, responsável pela investigação, a vítima estava em uma mesa do bar acompanhado de Gisele Natália da Costa, de 27 anos, e Tamyres Gonçalves Pereira, de 22 anos, quando um dos suspeitos (na foto, de camisa azul e boné vermelho), derrubou uma cerveja e iniciou uma discussão. Ele teria evitado qualquer tipo de briga e saído do local, acompanhado dos outros três homens, em direção a um Palio Prata que estava estacionado nos arredores.

De acordo com o relato de testemunhas, os quatro suspeitos retornaram à mesa e, após agredir verbalmente Carlos de Carvalho, iniciou-se uma briga generalizada. Durante a confusão, um dos homens (na foto, de boné vermelho e camisa listrada de azul, branco e vermelho) teria disparado, com um revólver de calibre 9mm, quatro tiros em direção à vítima, que não resistiu.

Além de Carlos Chagas, Gisele e Tamyres também foram alvejadas, mas sofreram apenas ferimentos leves. Logo após o homicídio, os suspeitos evadiram do local.

A polícia busca qualquer tipo de informação que possa ajudar na investigação. As denúncias podem ser feitas anonimamente pelo telefone 181.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave