Autuori indica a atacantes ‘atalhos’ para furar retranca do Nacional

Segundo Jô, o comandante alvinegro passou os detalhes do setor defensivo da equipe paraguaia e pediu muita movimentação

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

Depois da vitória contra o Guarani, pelo Mineiro, o técnico Paulo Autuori ponderou sobre as qualidades defensivas do Nacional-PAR e, no dia sequente, reuniu-se com o quarteto de ataque do Atlético – Ronaldinho, Tardelli, Fernandinho e Jô – no centro do gramado da Cidade do Galo para indicar atalhos a serem acionados nesta noite de quarta-feira, no Estádio 3 de Febrero, em Ciudad del Este.

De acordo com o atacante Jô, o treinador alvinegro passou os detalhes do setor defensivo da equipe paraguaia e pediu bastante movimentação para fugir do ferrolho adversário.

“Ele (técnico Paulo Autuori) mostrou a parte defensiva do adversário para a gente. Eles jogam com uma linha de quatro atrás, bem fechados, mesmo jogando em casa. Vamos ter de movimentar bastante para achar os espaços. Isso que ele mostrou para a gente”, comentou o avante atleticano.

Jô também ressaltou a importância do fator psicológico neste duelo internacional e a fé na qualidade do elenco atleticano, principalmente na genialidade de Ronaldinho Gaúcho.

“Ele está pedindo movimentação e para a gente ter paciência, porque não vai ser fácil. É acreditar também nos passes do Ronaldo”, completou.

Nesta terça-feira, às 19h, o Atlético faz o reconhecimento do Estádio 3 de Febrero visando a partida das 22h desta quarta.

Leia tudo sobre: autuoriatleticogaloatalhosvencernacionalcopa libertadores