Burger King demite funcionários que 'nadaram' em caixa d'água

Em nota, a gigante do ramo alimentício informou que a atividade ilegal foi feita durante uma lavagem das caixas d'água do restaurante

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

undefined

A gigante do ramo alimentício Burger King anunciou, nesta terça-feira (11), que demitiu os três funcionários que aparecem nadando dentro de uma caixa d'água da rede. A denúncia surgiu depois que um vídeo, filmado de um prédio vizinho, foi postado Youtube e fez sucesso na internet. Os empregados trabalhavam em uma loja na região central de São Paulo.

Feito por um cinegrafista amador, o vídeo já possui mais de 570 mil visualizações e, nele, é possível identificar três pessoas dentro da caixa d'água e uma outra, de calça e camisa, no lado de fora. A cena foi capturada no dia 5 de março.

Em nota, o Burger King informou que a atividade ilegal foi feita durante uma lavagem das caixas d'água do restaurante. "O abastecimento de água estava suspenso enquanto as caixas foram esvaziadas, higienizadas e abastecidas novamente".

A empresa ainda salientou que a água utilizada no 'banho' dos funcionários foi descartada. "Toda a água foi descartada sem ter sido utilizada pelo restaurante. Mesmo assim, o procedimento adotado pelos funcionários estava fora da orientação e dos nossos padrões, faremos o que for preciso para que fatos como esse não se repitam" publicou a rede.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave