Suspeito de roubar bancos em Riachinho é morto em troca de tiros

Outro suspeito de participar do crime foi baleado e pulou em um rio, segundo a PM; dois homens foram detidos depois de tentarem fugir por um matagal

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Polícia Militar apreendeu armas e munição durante a madrugada.
Polícia Militar/Divulgação
Polícia Militar apreendeu armas e munição durante a madrugada.

Um dos suspeitos de ter assaltado dois bancos em Riachinho, na região Noroeste de Minas, na última sexta-feira (7), foi morto em uma troca de tiros com a Polícia Militar (PM), durante a madrugada desta terça-feira (11).

Um segundo suspeito foi baleado e pulou de uma ponte, caindo no rio Urucuia. A ponte tem aproximadamente 15 metros de altura e o rio estava bastante cheio no momento do tiroteio, segundo a PM, que acionou o Corpo de Bombeiros de Unaí, na mesma região, para realizar buscas pelo homem.

Outros dois suspeitos também armados fugiram por um matagal, mas foram localizados e presos próximo ao distrito de Morrinhos. A PM apreendeu três armas, munição calibre 12 e .40. Em ações anteriores, a PM recuperou cerca de 70 mil em dinheiro, levados das agências.

Relembre o caso

Um dos suspeitos de fazer parte de uma quadrilha que teria assalto uma agência do Banco do Brasil e uma do Sicoob na cidade de Riachinho, na região Noroeste de Minas Gerais, foi detido pela Polícia Militar (PM) de Unaí nessa quinta-feira (10). Criminoso teria confundido uma caminhonete descaracterizada de militares com o veículo de seus comparsas e acabou preso depois de interceptar o veículo. Outros dois homens foram presos por suspeita de dar cobertura para a quadrilha.

Com o suspeito foram encontrados uma pistola .40 e um revólver calibre 38 carregados e 37 munições do calibre.40. Além de, uma bolsa contendo cerca de R$ 68 mil reais e um colete a prova de balas.

Explosão

Por volta de 9h30 dessa sexta-feira (7), oito homens fortemente armados, trajando luvas e toucas, saíram dois veículos, um Honda Civic e um Siena de cor escura, atirando sem direção na tentativa de intimidar as vítimas, mas sem atingir ninguém.

Logo após, os homens renderam os clientes das agências e obrigaram o gerente do Sicoob a entregar a quantia de R$ 150 mil que estava no cofre. No Banco do Brasil, o valor roubado não foi informado, mas a polícia especula que seja considerável, já que um carro-forte havia estado em Riachinho nessa quinta-feira (6).

Após pegar o dinheiro, os assaltantes fizeram cinco reféns no Sicoob e utilizaram o carro de um deles, uma S10, para fugir em direção à cidade de Uruana, a seis quilômetros de Riachinho, junto com o Civic e o Siena. Na saída de Riachinho, todos os reféns foram liberados sem nenhum ferimento, e a quadrilha deu seguimento à fuga.

A cinco quilômetros da cidade, os homens abandonaram o Civic e o incendiaram. Após fugir cinco quilômetros na S10, os criminosos também abandonaram e colocaram fogo na caminhonete.  

Leia tudo sobre: roubobancostiroteiotroca de tirossuspeito morto