Colocando a casa em ordem

iG Minas Gerais |

Há na Bíblia uma carta, a dos Efésios, em que Paulo fala sobre como organizar algumas coisas.

Ela não é uma carta de correção, e sim uma carta modelo, que nos mostra aquilo que Deus sonha para a igreja, para a nossa vida. Ele deseja que tudo esteja em ordem, a começar pela nossa visão. Em Efésios, 3.21, lemos: “[...] a ele seja a glória, na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém!”. Nós somos a Igreja, a noiva de Cristo. A vontade do Senhor é que esse tempo não termine quando morrermos, mas que nossos filhos, netos, bisnetos, a nossa geração, possa viver para a glória do Senhor, trazer a glória dEle. Pois essa é a razão pela qual existimos.

Normalmente, quando perguntamos a alguém por que ele trabalha, ele responde que é para ganhar dinheiro, para comprar comida e roupa. E se continuarmos a perguntá-lo: “Para que você quer comida e roupa?”. “Para ter saúde”. “Para que você quer saúde?”. “Para trabalhar”. Note que é um círculo. E será que a vida gira em torno apenas desse círculo? Não! O propósito é a visão. Você precisa entender o motivo de fazer tudo o que faz: tudo é para a glória de Deus. Tudo o que fizermos deve redundar na glória de Deus.

Meu pai era sapateiro e fazia sapatos tão benfeitos que as pessoas tinham até receio de usá-los, pois eram muito bons, com muita qualidade. Isso porque ele fazia sapatos para o Senhor. Tudo o que é feito para a glória de Deus é diferente. Teríamos um mundo diferente se todos entendessem isso e fizessem tudo para glorificar a Deus. Se alguém canta, cante para a glória de Deus, se toca, toque para a glória de Deus, se cozinha, cozinhe para a glória Dele. A razão pela qual o Pai nos criou foi para sermos a expressão de Sua glória na terra.

Mas o que o pecado fez? O pecado levou o homem a viver de qualquer maneira. Deus não quer o nosso trabalho, Ele quer que reflitamos a glória, a perfeição, a beleza, a verdade, a vida dele. Então, a primeira coisa a colocar em ordem é voltar a ser motivo da glória de Deus. Efésios não é uma carta de correção, aponta o modelo. Os anjos vivem para a glória de Deus, os arcanjos cantam a glória de Deus, os querubins proclamam a glória de Deus, e nós fomos criados para a glória de Deus.

Jesus Cristo veio cheio da glória do Senhor. A Palavra diz: “[...] e vimos a sua glória, glória como do unigênito do Pai” (Jo 1.14). Tudo o que Jesus fez foi para a glória de Deus. A segunda é reconhecer o senhorio de Cristo. Todas as coisas estão debaixo dos pés de Jesus. Colocar a casa em ordem é trazer esta realidade à tona e reconhecer o senhorio de Jesus Cristo. Ele é o Chefe. Muitos conhecem Jesus como Salvador, e Ele é o Salvador, mas antes é Senhor. A palavra Senhor significa amo, dono, chefe, soberano, máxima autoridade. Quando dizemos: Jesus é o Senhor, significa o reconhecimento de que todas as coisas estão debaixo de Sua autoridade. A terceira coisa que deve ser colocada em ordem é a questão da Verdade. O conhecimento de Deus por meio da sua Palavra.

A quarta coisa a ser colocada em ordem, segundo a perspectiva da carta aos Efésios, é a fé. Fé não é simplesmente um sentimento intelectual, mas é a nossa inteira confiança em Deus, como está escrito no capítulo 3, verso 12, da referida carta: “[...] pelo qual temos ousadia e acesso com confiança, mediante a fé nele”.

Precisamos colocar a casa em ordem para não esquecermos, em nenhum momento sequer, que Ele mora em nós. Na casa desordenada há sujeira e bagunça, mas é tempo de a colocarmos em ordem, de voltarmos ao princípio: à visão, à chefia, à verdade; e assim a fé estará inteira, e a confiança somente Nele.

Deus os abençoe!

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave