Buena Vista Social Club com tempero mineiro

Grupo belo-horizontino Brascubazz abre 8º ano do projeto Ofício da Música no Museu de Artes e Ofícios

iG Minas Gerais | Daniel Oliveira |

Mistura. 
O grupo mineiro Brascubazz une o jazz cubano a ritmos como samba, baião, rumba e choro
Henrique Marques
Mistura. O grupo mineiro Brascubazz une o jazz cubano a ritmos como samba, baião, rumba e choro

Na primeira vez que assistiu a um show do grupo mineiro Brascubazz, no ano passado, o curador do projeto Ofício da Música, Poti Castro, achou que se tratava de uma banda cubana. “A primeira coisa que me veio ao ouvido foi o ‘Buena Vista Social Club’”, recorda. A impressão deixada pela mistura do jazz latino com ritmos afrobrasileiros foi tão forte que ele escolheu a atração para abrir o oitavo ano do Ofício da Música, que tem início hoje à noite, no Museu de Artes e Ofícios.

Coordenada pelo músico mineiro Rafael Leite, o Brascubazz vem se apresentando pelo Estado desde 2009. No repertório, o grupo traz clássicos compostos pelos cubanos Chucho Valdes e Paquito D’Rivera, além de composições próprias. “É um resgate sensacional do jazz cubano, mas aí eles misturam rumba, baião, choro, samba e botam a brasilidade em cima da música latina”, sintetiza o curador.

Castro explica que o show de abertura, assim como o de encerramento de cada ano, sempre têm um papel especial no projeto que busca prestigiar a música instrumental mineira. Por isso, todo início de janeiro, quando ele começa a fazer a lista de possíveis atrações, pensar qual será a primeira é um desafio à parte.

Mas a proposta sonora trazida pelo Brascubazz não deixou muita dúvida. “São vários músicos de vários estilos. É uma mistura fantástica de ofícios musicais que gera música”, filosofa o curador, que também é violonista e foi um dos criadores do grupo de choro Naquele Tempo.

Em 2014, além das edições mensais no Museu de Artes e Ofícios, o Ofício da Música pretende levar suas atrações – que incluirão nomes como Gustavo Maguá e Dudu Nicácio – para Ouro Preto. Castro revela que já existe um projeto bastante desenvolvido para realizar seis shows na cidade histórica. “Estou olhando o calendário cultural de Ouro Preto, que é bem cheio, e encontrando brechas. Devem ser dois shows ainda no primeiro semestre e o restante no segundo”, promete.

Agenda

O quê. Grupo Brascubazz

Quando.

Hoje, às 19h30

Onde. Museu de Artes e Ofícios (praça da Estação, s/n, centro)

quanto. Entrada gratuita

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave