Bombeiro e outros dois homens são presos suspeitos de assassinar casal

Trio teria sido responsável pelo assassinato de Sandra Pompermayer de Araújo e Jardel Alves Madeira; polícia irá revelar maiores detalhes na quarta-feira

iG Minas Gerais | Fábio Corrêa |

Sandra foi vista pela última vez no dia 26 de dezembro
Reprodução/Facebook
Sandra foi vista pela última vez no dia 26 de dezembro

Um militar do Corpo de Bombeiros e mais dois homens foram presos na manhã desta segunda (10) suspeitos de terem assassinado o casal Sandra Pompermayer de Araújo e Jardel Alves Madeira. O trio está detidos na delegacia de Sabará, na região Metropolitana de Belo Horizonte e será apresentado na quarta-feira (10) pela Polícia Civil.

O chefe do Departamento de Investigação de Homicídios e de Proteção à Pessoa, Wagner Pinto, não forneceu maiores detalhes sobre a prisão, mas reiterou que as informações serão divulgadas na apresentação dos suspeitos.

Sandra Pompermayer de Araújo, 38, e Jardel Alves Madeira, 35, foram vistos pela última vez em 26 de dezembro do ano passado em Venda Nova, na capital mineira. Em 8 de janeiro deste ano, os corpos do casal foram encontrados na MGT-262, que liga Caeté a Sabará, com cabos de aço amarrados no pescoço e com lacres plásticos nos pulsos. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave