Pirelli prevê até três pit stops no Grande Prêmio da Austrália

Fornecedora de pneus destacou a dificuldade de realizar previsões antes do início dos treinos livres

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

A temporada 2014 da Fórmula 1 começa no próximo fim de semana com mudanças drásticas no regulamento técnico, como a entrada dos motores turbo, o que torna difícil qualquer prognóstico em relação ao desempenho das equipes e o resultado das primeiras provas. Fornecedora de pneus da categoria, a Pirelli destacou a dificuldade de realizar previsões antes do início dos treinos livres do GP da Austrália, mas acredita que a prova do próximo domingo deverá ter até três pit stops no circuito de Melbourne.

"Nós ainda esperamos entre dois e três pit stops por carro em Melbourne, mas seremos capazes de fazer previsões mais exatas somente depois de ver os carros andando nos treinos livres. A primeira corrida da temporada é sempre imprevisível, mas esta será mais do que nunca", disse Paul Hembery, diretor de automobilismo da Pirelli.

A fornecedora de pneus também precisou se adequar ao novo regulamento técnico da Fórmula 1. Para o GP da Austrália, a Pirelli optou por levar compostos macios e médios, mas garantiu que eles são mais duros e resistentes do que os de 2013, quando foi alvo de intensas críticas.

"Esta é a mudança de regras mais radical da era moderna da Fórmula 1, por isso tivemos que criar um conjunto completamente diferente de pneus para as novidades aerodinâmicas apresentadas pelos carros 2014. Os novos compostos e construções reduzem a degradação mantendo o mesmo nível de desempenho", comentou Hembery.

Leia tudo sobre: automobilismofórmula 1pirellitestes