Potências do judô estarão no Brasil para treinamento internacional

Campeões olímpicos e mundiais vão se reunir em Saquarema visando bom desempenho na temporada

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Medalhista de bronze nas Olimpíadas de Londres, em 2012, Mayra Aguiar será uma das presentes em Saquarema
CBJ - DIVULGAÇÃO
Medalhista de bronze nas Olimpíadas de Londres, em 2012, Mayra Aguiar será uma das presentes em Saquarema

Uma das referências no cenário do judô mundial, o Brasil será a sede de um treinamento de campo internacional a partir do próximo dia 12. Até o dia 23, 10 judocas de 10 países estarão na cidade fluminense de Saquarema para atividades que irão servir para toda a temporada.

Judocas de nações como França, Holanda, Rússia, Alemanha, Eslovênia, Finlândia, Portugal, Angola e Mongólia, vão se reunir no Centro de Treinamento de vôlei.

Ao todo, serão 13 medalhistas olímpicos e 22 medalhistas mundiais.

“Esse treinamento será um marco para o judô brasileiro. Estamos trabalhando para que esse evento se torne fixo no calendário da Federação Internacional de Judô. Esperamos proporcionar um intercâmbio ainda maior entre os atletas brasileiros e a nata do judô mundial”, disse o presidente da CBJ, Paulo Wanderley Teixeira.

O fato do país receber tantos atletas de alto nível mostra o patamar que o país possui hoje dentro da modalidade.

“O Brasil está, hoje, entre as quatro melhores equipes do mundo, tanto no feminino quanto nos masculino. E é por isso que conseguimos motivar tantos atletas de ponta a virem ao Brasil para esse treinamento. Eles estão atrás do nosso know-how”, comemora a técnica da seleção feminina Rosicleia Campos.

Atletas jovens também terão a oportunidade de evoluir. Ao todo, serão 26 atletas e 11 integrantes da comissão técnica da seleção brasileira sub-21, que ganharam a chance após a seletiva nacional de base.

“Estou muito empolgada. Os treinos que fizemos em Paris foram muito fortes e os daqui também serão. Eles são fundamentais para esse ano tão importante na minha carreira. Além disso, será uma ótima preparação para o torneio que iremos disputar na Alemanha”, disse a pesada Sibilla Faccholli, bronze no último Mundial Junior, se referindo à participação brasileira no Circuito Mundial Sub 21.