Flamengo festeja título, mas já foca jogo da Libertadores

Rubro-Negro garantiu a Taça Guanabara, com duas rodadas de antecedência, ao vencer o Botafogo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Já classificado para a próxima fase do campeonato, o treinador preferiu utilizar uma equipe mista nesta quarta
Site Oficial Flamengo
Já classificado para a próxima fase do campeonato, o treinador preferiu utilizar uma equipe mista nesta quarta

Ao vencer o Botafogo por 2 a 0, o Flamengo conquistou com duas rodadas de antecedência o título da Taça Guanabara, que neste ano equivaleu à fase de classificação do Campeonato Carioca, e festejou o feito após o clássico disputado na noite desse domingo, no Maracanã. Porém, o discurso do time, que já entrou em campo classificado para as semifinais do torneio estadual, focou principalmente a Copa Libertadores, na qual enfrentará o Bolívar, nesta quarta-feira, às 22 horas, novamente no Maracanã.

"Sabia que essa vitória hoje (domingo) era muito importante para o primeiro passo e agora temos um jogo difícil pela Libertadores. Não é só fazer gol, é sempre bom ajudar também e estou feliz de ter participado do (segundo) gol (contra o Botafogo). Eu acho que o Flamengo tem sempre que ganhar, e vamos com moral para o próximo jogo", ressaltou o atacante Hernane, que deu o passe para Léo decretar o 2 a 0 sobre os botafoguenses aos 45 minutos do segundo tempo.

O técnico Jayme de Almeida, por sua vez, exaltou a importância que o jogo diante do Bolívar tem para os flamenguistas. "Vencemos e com certeza a motivação vai continuar em alta para quarta-feira. Esperamos a torcida em peso no Maracanã e isso nos deixa com a certeza de um bom jogo, com luta, vontade e equilíbrio. Vamos jogar com intensidade ao lado da torcida. Precisamos do resultado e uma vitória será um passo importante para a classificação", enfatizou o treinador, para mais tarde alertar: "O time (boliviano) deve vir fechado, apostando nos contra-ataques. Temos de ter muito cuidado e não tentar resolver o jogo de qualquer maneira. Não podemos dar espaços".

Já o lateral-direito Léo, que fez seu segundo gol pelo Flamengo após entrar no lugar do capitão Léo Moura, lesionado, emocionou-se ao fechar o placar de uma partida importante para o time. "Agradeço a Deus e à minha família. Não tenho nem palavras para falar, fazer o segundo gol para definir o título para o Flamengo e dar alegria a essa torcida maravilhosa. Sempre tive vontade de jogar aqui e Deus me abençoou. É muita responsabilidade substituir Léo Moura, ele é meu ídolo", comemorou.

Léo Moura, que só levantará o troféu de campeão na última rodada desta fase, no jogo contra a Cabofriense, enalteceu o fato de que assegurou mais um troféu como ídolo rubro-negro. "Estou muito feliz de estar curtindo mais um título. A vitória nesse turno serve também para nos dar uma vantagem na semifinal e conquistar o título carioca, que é muito importante para nós", projetou.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave