Oswaldo vê Thiago Ribeiro como exemplo para garotos

Segundo treinador, atacante é a prova de que um jogador pode defender e atacar com eficiência

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Mesmo desfalcado dos titulares Aranha e Geuvânio, o Santos nem precisou se empenhar muito para derrotar o Oeste por 4 a 1, na noite desse domingo, na Vila Belmiro, atingindo a quinta goleada na fase de classificação do Campeonato Paulista. O grande nome do jogo foi Thiago Ribeiro, que marcou dois gols, deu assistência para mais um e se juntou a Cícero, Geuvânio e Gabriel no grupo dos artilheiros santistas, com cinco gols cada um.

"Thiago vem tendo função importante na equipe e é exemplo para os meninos que 'fazem' o lado de campo como ele, ao mostrar que é possível defender e atacar. Mesmo quem volta para acompanhar o marcador até a linha de fundo pode chegar à frente e fazer gol. Tanto é verdade que ele fez dois e foi garçom em mais um", disse Oswaldo de Oliveira.

Sobre o grupo de artilheiros, Oswaldo lembrou que estão com mais gols os jogadores que são titulares há mais tempo e atuam com liberdade do meio-campo para frente. E fez questão de elogiar Leandro Damião, que soma quatro (com o que fez neste domingo) em oito jogos e não faz parte da relação. "Damião tem demonstrado espírito coletivo", afirmou o técnico, em alusão à preocupação do atacante de em primeiro lugar pensar em ajudar a equipe, sem se preocupar em ser o maior goleador.

Depois de entrar no segundo tempo e marcar um dos gols da vitória por 5 a 2 contra o Mogi Mirim, na semana passada, Lucas Lima iniciou como titular no jogo desse domingo, atuando como armador, que é a sua posição. Ele não chegou a brilhar, mas foi defendido por Oswaldo. "Ele começou bem, apresentando um futebol dinâmico, mas na segunda metade do segundo tempo caiu fisicamente. Lucas se expõe muito e por isso é natural que caia de produção. Além disso, foi só a terceira participação dele, e a tendência é de que cresça nos próximos jogos".

Com relação à nova goleada, Oswaldo disse que esse tipo de vitória é importante para aumentar a confiança dos jogadores, mas que o time precisa estar preparado quando aumentar o grau de dificuldades. "Temos que saber lidar com essa situação porque nem sempre será possível vencer com um grande número de gols".

O penúltimo jogo do Santos na fase de classificação do Paulista será contra o Rio Claro, no Estádio Augusto Schimidt Filho, em Rio Claro, domingo, às 19h30. Aranha, Geuvânio e Rildo, que cumpriram suspensão pelo terceiro amarelo diante do Oeste, voltam ao time. Cicinho (poupado em razão de estar desgastado fisicamente) e Mena (recupera-se de dores no púbis) também devem ficar à disposição de Oswaldo.

Leia tudo sobre: oswaldothiago ribeirobomexemplogarotosfutebolsantos