Após protestos antirracismo, Inter vence mais uma

Com time reserva, Colorado venceu o Aimoré por 2 a 1 e se manifestou contra as ofensas recebidas pelo árbitro Márcio Chagas, chamado de 'macaco' por torcedores do Esportivo

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Jogadores do Colorado carregam faixa com mensagem anti-racismo
Alexandre Lops/Sport Club Internacional
Jogadores do Colorado carregam faixa com mensagem anti-racismo

O Internacional usou sua equipe reserva para vencer o Aimoré por 2 a 1, neste domingo, em São Leopoldo, pela 13.ª rodada do Campeonato Gaúcho. Mas o jogo no Estádio Cristo Rei foi mesmo marcado pelos atos antirracismo numa resposta às ofensas recebidas pelo árbitro Márcio Chagas, no meio da semana, durante a partida entre Esportivo e Veranópolis, em Bento Gonçalves.

No jogo deste domingo, o trio de arbitragem entrou em campo com uma faixa pedindo "racismo não". O Internacional utilizou faixas negras nos braços, enquanto o Aimoré surpreendeu. Todos os jogadores entraram em campo utilizando máscaras com o rosto de Márcio Chagas, chamado de "macaco" por torcedores do Esportivo.

Com a bola rolando, o Internacional encontrou dificuldades com a entrada de Ygor como terceiro zagueiro. O Aimoré abriu o placar, com Marcelo Ramos, ainda com 11 minutos do primeiro tempo. Depois, a dupla de ataque colorada resolveu. Eduardo Sasha fez aos 33 e Wellington Paulista garantiu a virada no segundo tempo, aos 15.

Com a 12.ª vitória em 14 jogos - antecipou um, da 13.ª rodada -, o Inter chegou aos 35 pontos, inalcançável no primeiro lugar do Grupo A e na liderança geral da competição. Assim, poderá decidir em casa uma eventual final do Estadual.