Carreira precoce nas passarelas permitiu amadurecimento

iG Minas Gerais |

Natural de Osasco, em São Paulo, Yanna Lavigne deve sua beleza exótica a uma mistura de baiana com descendente de japonês. O que resultou em uma mulher morena, com os olhos puxados e cabelos negros, combinação que desencadeou sua carreira de modelo e, depois, de atriz.

A nacionalidade do pai fez com que ele e sua família se mudassem para o Japão. Durante o tempo que morou em Nagoya, foi descoberta por um olheiro que a convenceu em investir na carreira de modelo. “Era uma coisa que eu não pensava. Aos poucos, fui me identificando e passei a amar”, conta.

A carreira não demorou para deslanchar e Yanna se viu, aos 16 anos, indo morar longe dos pais. “Devo muito da minha personalidade à experiência de morar fora. Amadureci demais”, afirma ela, que, morava em Tóquio. (AB)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave