Atleticana se encontra com Felipão no RJ e pede convocação de Tardelli

Jovem de 16 anos, acompanhada de sua irmã, de 9, tiraram fotos com o treinador da seleção e fizeram "lobby" pelo atacante alvinegro

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES |

Reprodução/Twitter
"Luizinha", como Luiza Bolina é chamada pela família, tirou fotos com Felipão e, junto da irmã Fernanda, pediu Tardelli na seleção

Um simples passeio de uma família belo-horizontina ao Rio de Janeiro neste fim de semana acabou se tornando em tentativa de ajuda a um dos ídolos do Atlético que ainda sonha em disputar a Copa do Mundo.

Acompanhadas dos pais e tios, Fernanda Bolina, 16 anos, e sua irmã Luisa Bolina, 9, torcedoras do Galo, encontraram com o técnico da seleção brasileira, Luiz Felipe Scolari, em um bar do bairro de Ipanema, na capital carioca. Juntas, elas escreveram um bilhete para o comandante canarinho e não hesitaram em fazer um pedido: que o treinador convocasse o atacante atleticano Diego Tardelli para defender o Brasil.

“Avistei o Felipão em uma das mesas do restaurante e levei a minha irmãzinha até ele. Entregamos um bilhete, elogiando o trabalho dele na seleção brasileira e pedimos que ele convocasse o Tardelli. Gostamos muito do jogador e ele merece uma chance na seleção”, disse Fernanda.

O bilhete escrito pelos familiares de Fernanda, assinado em nome de “Luluzinha”, em referência a Luiza Bolina, a irmã, tinha os seguintes dizeres: “Felipão, o senhor é o melhor treinador do mundo e se Deus quiser o nosso Brasil será campeão. Mas, se tiver jeito, convoque o Tardelli”.

Sobre o conteúdo do bilhete, Fernanda contou ao Super FC o que disse o técnico:  “O Felipão foi muito educado com a gente, nos agradeceu pelos elogios que fizemos, perguntou se éramos mineiras e atleticanas, dissemos que sim. Até mostrei minha tatuagem do Galo, no meu tornozelo, para ele. Pena foi ouvir dele que o nosso pedido pelo Tardelli na seleção, talvez, ele não poderia cumprir”, lamentou.

Fernanda Bolina, que fez questão de tirar foto com Felipão e postar a imagem em uma rede social, é moradora do bairro Coração Eucarístico, na região Noroeste de Belo Horizonte. Ela permanecerá com a família no Rio de Janeiro até o fim deste domingo, retornando à capital mineira na segunda-feira.