A voz da Massa

iG Minas Gerais |

Saudações alvinegras! Algo tem me chamado a atenção nos jogos do Galo, e não sei se o amigo leitor também já observou. Toda vez que um atleta marca gol, ele e os colegas de campo e do banco correm na direção de Paulo Autuori, parecendo dedicar o gol ao técnico. Isso me leva a algumas inferências: a primeira, e talvez a mais importante, é que essa atitude demonstra que o grupo está unido (soa como um chavão, mas a expressão é essa mesma). É como se dissessem “estamos com você, professor”. Parece ser também uma forma de blindar o treinador, em resposta à cobrança da torcida e da imprensa. Vejo isso como prova de que Autuori é muito querido pelos jogadores. Excelente, pois – acredite, falo por experiência própria – quando os atletas gostam do treinador, eles fazem de tudo para que ele permaneça à frente da equipe, o que significa muito mais dedicação. Que seja!

A voz Celeste

O maior de Minas está sobrando no Campeonato Mineiro. A diferença técnica para os times do interior é muito grande. Os presidentes desses clubes precisam tomar uma aula com dr. Gilvan para ele falar como equilibra um orçamento, porque os clubes do eixo Rio-São Paulo também recebem muito mais, e o Cruzeiro vem conseguindo fazer times melhores que os clubes daqueles Estados. Para mim, o jogo de hoje contra o Tupi vai ser de novo um ataque contra a defesa. Apesar de que, o time de Juiz de Fora, há muito tempo, vem fazendo boas campanhas. Mas a diferença técnica é muito grande. São poucos os jogadores que estão se destacando no interior. Vi o Diney, da Caldense, e Chiquinho, lateral do Villa Nova, com potencial para vestir a camisa de um grande clube. Parabéns a todas as mulheres pelo seu dia, em especial para a minha mãe, Estefania, minha filha, Julia, e a eterna Soraya.  

Avacoelhada No jogo de ida da Copa do Brasil Sub-17, o Coelhãozinho enfrenta o São Paulo, às 15h30, na Arena do Jacaré. A partida de volta está prevista para o próximo dia 12, no estádio das categorias de base do adversário, localizado no Centro de Formação de Atletas Lauro Natel, em Cotia. Provável time do técnico Ricardo Evaristo: Eric; Jadson, Moacir, Victor e Michel; Rodolfo, Wilson, Rodrigo, Ruan; Matheus Silva e Aurélio. Com as subidas de atletas do sub-15, comandado pelo Lucas Batista e as promoções para o sub-20, treinado pelo Milagres, um novo time juvenil começa a ser formado. Entre os que subiram para os juniores, Zé Marcos, artilheiro do campeonato juvenil de 2013, com 12 gols marcados, e Pabrício, que já foi convocado para a seleção brasileira, mas desperdiçou a oportunidade de ter participado da Copa São Paulo no início do ano.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave