Quadrilha foge após assaltar duas agências em Riachinho

Oito homens armados levaram pelo menos R$ 150 mil; cinco clientes foram rendidos, mas liberados sem ferimentos no meio da fuga; a PM ainda procura pelos homens, que teriam se escondido em uma mata nos entornos da cidade

iG Minas Gerais | Fábio Corrêa |

A polícia procura por uma quadrilha responsável pelo assalto armado a uma agência do Banco do Brasil e uma do Sicoob na cidade de Riachinho, na região Noroeste de Minas Gerais. Por volta de 9h30 desta sexta (7), oito homens fortemente armados, trajando luvas e toucas, saíram dois veículos, um Honda Civic e um Siena de cor escura, atirando sem direção na tentativa de intimidar as vítimas, mas sem atingir ninguém.

Logo após, os homens renderam os clientes das agências e obrigaram o gerente do Sicoob a entregar a quantia de R$ 150 mil que estava no cofre. No Banco do Brasil, o valor roubado não foi informado, mas a polícia especula que seja considerável, já que um carro-forte havia estado em Riachinho nessa quinta (8).

Após pegar o dinheiro, os assaltantes fizeram cinco reféns no Sicoob e utilizaram o carro de um deles, uma S10, para fugir em direção à cidade de Uruana, a 6 quilômetros de Riachinho, junto com o Civic e o Siena. Na saída de Riachinho, todos os reféns foram liberados sem nenhum ferimento, e a quadrilha deu seguimento à fuga.

Há cinco quilômetros da cidade, os homens abandonaram e o Civic e o Siena, incendiando-os. Após fugir cinco quilômetros na S10, os criminosos também abandonaram e colocaram fogo na caminhonete.

De acordo com a Polícia Militar de Unaí, responsável pelo caso, os homens fugiram por uma mata nos entornos da cidade, e ainda não foram encontrados. Até a noite desta sexta-feira, um cerco havia sido feito em todas as vias de acesso ao local. Um helicóptero do Batalhão de Montes Claro também estava à procura da quadrilha, mas nenhum criminoso havia sido encontrado. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave