Manifestação causa congestionamento na BR-040 na tarde desta sexta

Aproximadamente 300 pessoas ocuparam os dois lados da rodovia entre as 16h e as 19h; manifestação foi organizada por moradores do bairro Água Limpa, em Nova Lima, que reivindicam melhorias no acesso e nas condições do bairro

iG Minas Gerais | Fábio Corrêa |

Uma manifestação dos moradores do bairro Água Limpa, em Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte, fechou as duas pistas da BR-040, na altura do KM 573, causando cerca de 10 km de congestionamento para os motoristas que trafegavam no entorno do trevo de Moeda nesta sexta-feira (7).

Por volta das 16h, aproximadamente 300 pessoas tomaram a rodovia, causando grande transtorno aos motoristas que trafegavam nos dois sentidos. Às 18h30, os manifestantes liberaram um sentido da BR, e a Polícia Rodoviária Federal conseguiu liberar um pouco o fluxo dividindo a pista em duas faixas. Às 19h05, a PRF informou que os dois sentidos já haviam sido liberados.

Os moradores reivindicam melhores condições para o bairro e mais segurança no acesso de pedestres ao Água Limpa. Segundo João Baptista da Costa, presidente da associação de moradores e um dos organizadores da manifestação, o bairro, cuja população é de 2.500 moradores, sofre com falta de água, luz e com a dificuldade de acesso para os pedestres. De acordo com ele, a Prefeitura de Nova Lima “só agora começou a se interessar um pouco por nós”.

Gilmar José Barbosa, que também reside no Água Limpa, conta que é comum pessoas com maior dificuldade de locomoção, como idosos, demorarem até 30 minutos para atravessar a rodovia. “Não há passarela nem redutores de velocidade. Isso complica muito o acesso, principalmente no fim de semana, quando o fluxo é bem intenso na 040”. A instalação de radares, inclusive, é uma das principais reivindicações dos moradores do Água Limpa.

O protesto foi pacífico e teve o acompanhamento de policiais militares.

A Prefeitura de Nova Lima foi procurada pela reportagem, mas ninguém foi encontrado para opinar sobre o assunto.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave