Feiticeira do Funk é roubada em estrada e perde figurinos

Trio suspeito de ter cometido o crime teria pedido autógrafo e para tirar fotos com a artista antes de anunciar o assalto; um notebook, um sampler, um celular, uma filmadora e R$ 2.800 em dinheiro também foram levados

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

facebook/ Divulgação
undefined

A Feiticeira do Funk, 23, vai pedir ajuda da Polícia Civil nesta sexta-feira (7) para tentar encontrar os três homens que roubaram o carro onde ela estava com o noivo de 32 anos e um DJ que trabalha com ela, na volta de uma apresentação na cidade de Pompéu, na região Central do Estado, na última terça-feira (4).

Camila Feiticeira contou que após a participação em uma festa, voltava para Sete Lagoas, e a uns 20 minutos na estrada, o carro apresentou um problema e foi preciso interromper a viagem. “Ficamos ligando para reboque, era de madrugada e parece que tinham muitas solicitações, porque não conseguimos falar”, lembrou.

Um carro teria passado em alta velocidade e deu uma freada brusca próximo ao veículo da dançarina. Depois de parar, três homens desceram. “Eles estavam bem aparentados, pediram para tirar fotos, autógrafo, até que um deles saiu e foi ao carro. Quando voltou já apontou uma arma em minha direção e anunciou o assalto”, detalhou.

O rapaz armado teria pedido para que abrissem o porta-malas. Lá, havia uma mochila que foi roubada. Dentro dela estavam três figurinos de Feiticeira, seis pares de sandália, um notebook, o sampler (equipamento usado para fazer as mixagens) do DJ, uma filmadora com o novo clipe da dançarina, um celular e R$ 2.800 em dinheiro.

Com medo e assustada, Feiticeira acabou não chamando a polícia no dia do crime e depois teve outros compromissos e precisou viajar. Agora, procura ajuda na expectativa de recuperar seus pertences. “As roupas eu acredito que possam devolver, porque é o meu equipamento de trabalho”.

Leia tudo sobre: estradaFeiticeira do Funkroubofigurinosfilmadoranotebooksamplerfotosautógrafo