PT quer reeleger Dilma para Lula voltar em 2018

"Falei outro dia que temos que reeleger Dilma para que Lula volte em 2018", disse em tom descontraído o presidente nacional do partido, Rui Falcão

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Lula diz que só falará do mensalão após a última votação
Ricardo Stuckert/PR
Lula diz que só falará do mensalão após a última votação

Sobre os boatos acerca de uma possível volta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o presidente nacional do PT, Rui Falcão, disse nesta sexta-feira (7), o retorno faria muito bem ao Brasil, mas somente em 2018. "Falei outro dia que temos que reeleger Dilma para que Lula volte em 2018", disse em tom descontraído.

Rui afirmou ainda não saber se Lula aceitaria voltar à Presidência e disse que o ex-presidente tem dois tipos de resposta quando questionado sobre o assunto. Em um, o ex-presidente se compara ao piloto Michael Schumacher, que retornou à Formula após uma carreira de 7 títulos mundiais e não obteve sucesso. Em outros momentos, Lula diria que voltaria caso os adversários o incomodem muito.

Pesquisas eleitorais

O deputado Rui Falcão também comentou os últimos resultados das pesquisas eleitorais que apontam vitória da presidente Dilma Rousseff no primeiro turno das eleições de outubro. Falcão negou porém, que os resultados recentes diminuam o ímpeto do partido no trabalho pela reeleição de Dilma.

"Nós temos que ter a responsabilidade de entender que a pesquisa é momento", ponderou o presidente nacional do PT, que citou o fato de a campanha não ter começado oficialmente como um dos motivos de sua cautela.

Sem citar os nomes dos presidenciáveis Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), Falcão criticou o fato de os "dois adversários estarem em campanha há mais de ano" e disse que a presidente Dilma, no momento, se ocupa apenas de governar o País. "Só entraremos em campanha em julho. Até lá, a presidente estará simplesmente governando o País", disse Falcão.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave