Brasileiros não obtêm classificação no Mundial Indoor

Nesta sexta, o País contará com Mauro Vinícius da Silva, o Duda, que defenderá o título no salto em distância

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Os brasileiros Keila Costa e Anderson Henriques não conseguiram avançar às finais do salto triplo e dos 400 metros, respectivamente, nesta sexta-feira, primeiro dia de disputas do Mundial Indoor, disputado em Sopot, na Polônia.

A pernambucana alcançou o décimo lugar nas eliminatórias ao saltar 13,64 metros na primeira das três tentativas a que teve direito. Ela registrou a marca de 13,47 no segundo salto e queimou o terceiro. Acabou distante do melhor resultado do dia, obtido pela jamaicana Kimberly William, com 14,35 metros. A final será no sábado.

"O objetivo era ficar entre as oito finalistas, mas infelizmente não deu", afirmou a atleta, medalha de bronze no salto em distância no Mundial de Doha, em 2010, no Catar. "Fiz um primeiro salto cauteloso, mas errei no segundo. No terceiro, tive de forçar para brigar por uma vaga na final e acabei queimando com a ponta da sapatilha", explicou.

Já Anderson Henriques foi bem na terceira das cinco séries dos 400 metros, nesta sexta. Estreante em competições em pista coberta, ele obteve o melhor resultado de sua carreira, ao marcar o tempo de 46s82, em quarto lugar na série.

Mesmo com o 12º tempo geral, não conseguiu avançar às semifinais - classificam-se apenas os dois melhores de cada série e os outros dois mais rápidos de toda a disputa. O melhor das eliminatórias dos 400 metros foi Chris Brown, de Bahamas, com 45s84.

"A prova teve um nível forte e é muito diferente do que estou acostumado a correr", afirmou Henriques, em entrevista ao SporTV. "Tentei fazer o melhor, mas não deu por muito pouco", disse o atleta de apenas 22 anos, que agora vai competir nos Jogos Sul-Americanos, em Santiago, no Chile.

Ainda nesta sexta, o Brasil contará com Mauro Vinícius da Silva, o Duda, no salto em distância. Ele defenderá o título mundial conquistado em Istambul, na Turquia, em 2012, a partir das 15h20 (horário de Brasília).

Leia tudo sobre: brasileirosnaoindicemundialindoor