Sob "novo nome", Alex pede sequência como titular

Com uma assistência, jovem lateral teve boa atuação contra a Caldense. Lesão de Botelho abre espaço para o atleta

iG Minas Gerais | Thiago Prata |

Alex Silva conversa com zagueiro Edcarlos durante o duelo dessa quarta-feira
Bruno Cantini/ Flckr Atlético
Alex Silva conversa com zagueiro Edcarlos durante o duelo dessa quarta-feira

A assistência para o gol de Josué resultou numa comemoração efusiva. E não era para menos. Para um atleta formado na base atleticana, qualquer oportunidade que surge no time titular deve ser agarrada com unhas e dentes. Foi isso que o lateral-direito Alex fez. A boa atuação na vitória por 2 a 0 sobre a Caldense pode render uma promoção ao atleta, só numa posição que não é a de origem.

“Estou tendo uma oportunidade atrás da outra. Só tenho a agradecer a ele (Paulo Autuori). E espero aproveitar bem as oportunidades. A preferência é jogar pela direita, mas não posso reclamar da chance de atuar pela esquerda”, disse Alex.

Com a nova lesão de Pedro Botelho, e Dátolo ainda sem condições de entrar em campo, por conta de dores musculares, a chance pode estar batendo novamente na porta de Alex, que não quer mais ser chamado por esse nome.

“Sempre preferi ser chamado de Alex Silva na base e gostaria que continuasse assim”, afirmou o jovem lateral, que se diz preparado para assumir de vez a ala esquerda. “O treinador está me passando confiança, sabendo que posso estar ali atuando na esquerda”, ressaltou.

O jogador quer mostrar que a assistência para o gol de Josué não foi obra do acaso. “Tive a felicidade de poder ajudar, após a infelicidade do Pedro Botelho, que se machucou. É diferente jogar pela esquerda, mas procuro fazer o melhor para colher bons frutos. É questão de treino. A cada dia que passa, vou aperfeiçoando mais a perna esquerda”, declarou.

Leia tudo sobre: AlexSilvaLateral-esquerdoAtléticoGalofuteboltitularjovemcategorias de basenovo nome