Guerrero treina e deve voltar no clássico de domingo

Peruano está recuperado de lesão no joelho direito e está à disposição de Mano Menezes

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Guerrero vai voltar ao Corinthians no jogo contra o São Paulo
Reprodução/Facebook
Guerrero vai voltar ao Corinthians no jogo contra o São Paulo

O atacante Guerrero pode ser a novidade na equipe do Corinthians no clássico de domingo, contra o São Paulo, no Pacaembu. O peruano treinou normalmente nesta quinta-feira, pelo segundo dia seguido, está recuperado de uma lesão leve no joelho direito e vai ficar à disposição do técnico Mano Menezes para escalá-lo como titular ou deixá-lo como opção no banco de reservas.

"Foi só uma inflamação e ele (Guerrero) respondeu bem aos treinos. O prazo era mesmo de uma semana. Ele pode ficar à disposição. Ontem (quarta) ele não sentiu nada e hoje vamos conversar com ele depois do treino", explicou o médico Julio Stancati, antes da atividade forte, com bola, realizada no CT do Parque Ecológico pelos jogadores que não foram titulares contra o Linense, quarta.

A lesão de Guerrero foi sofrida na vitória do Corinthians por 3 a 0 sobre o Comercial, na quarta da semana passada, e chegou a preocupar. Mas o exame de ressonância magnética realizado pelo peruano detectou apenas uma entorse simples no joelho direito do jogador.

O médico não se surpreende em ter Guerrero já pronto para o combate. "O Guerrero é bom nisso. Se vocês lembrarem, no Mundial de Clubes ele teve uma lesão mais grave, um pequeno rompimento de ligamento, o prazo era de 20 a 30 dias e ele se recuperou em 10", lembrou.

Enquanto Guerrero está perto de voltar, Romarinho pode ser desfalque no clássico. Diante do Linense, ele sofreu um leve edema muscular na coxa esquerda. Nesta quinta, o atacante fez apenas um trabalho de recuperação na academia. Na sexta e no sábado vai ser observado pra ver se joga ou não. Segundo o médico, a lesão não é grave.

Outra mudança na equipe titular será no meio-campo. Para utilizar Jadson contra o São Paulo, o Corinthians teria que pagar uma multa de R$ 1 milhão, o que não deve acontecer. Danilo e Renato Augusto, que entraram no segundo tempo em Lins e nesta quinta treinaram com os reservas, brigam para substituí-lo.

Leia tudo sobre: futebolguerreroesportecorinthiansretornoatacanteperuanoclassicolesaosao paulo